É normal dos jovens dedicar parte do seu tempo e energia a baladas, festas e azaração. Jovem é jovem, quer vivenciar momentos de descobertas, estar com os amigos, namorar e curtir. O que não é normal é achar que a vida se resume a isso e não se dedicar a outros assuntos importantes para o futuro.

 

Com muitas informações disponíveis é normal priorizar a diversão e as situações prazerosas, apesar de terem muitas informações, os jovens estão só no início do seu processo de aprendizagem com muita estrada pela frente.

 

Correr o risco de cair na armadilha de achar que terá tempo suficiente para recuperar o que deixou de fazer é perigoso. Pensar assim é um engano, o tempo perdido agora poderá não ser recuperado no futuro.

 

Muitos jovens ficam dias na fila de shows, horas online pra conseguir o ingresso desejado para ver aquele artista, tiram dinheiro de onde não tem para estar presente naquela festa que todo mundo vai estar. É muita energia disponível e não canalizada para o que será mais duradouro no futuro! É preciso curtir, mas também priorizar.