Pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nos mostra uma realidade muito preocupante: 38,7% dos desempregados no Brasil são jovens entre 14 e 17 anos.

O estudo também apresenta um índice de 17% de entrevistados fora da escola, enquanto 34% de alunos que já deveriam ter concluído o ensino médio ainda estão no ensino fundamental.

Diante desse quadro, organizações estão concentrando seus esforços para promover iniciativas que capacitam o jovem e consequentemente promovem sua inserção no mundo do trabalho. Os resultados dessas iniciativas não representam sinais positivos somente para os jovens, mas também na sociedade, no meio ambiente e na criação de novas alternativas para a economia global.

Desenvolver de forma sustentável os jovens é o caminho mais seguro para garantir o bem estar das novas gerações e, consequentemente, a redução da pobreza.

A DSM é uma empresa de atuação global com foco em ciência e uma das líderes no campo do desenvolvimento científico, com impacto social no mundo e na América Latina, Diego Marinho, representante da marca, enfatiza a preocupação da organização em desenvolver seus colaboradores e inserir o jovem no mercado de trabalho. Essa forte e importante convicção em transformar a realidade social e profissional dos futuros talentos, fez parceria com os anseios e missão do Instituto Via de Acesso no desenvolvimento de um projeto visando apoiar esses futuros líderes e empreendedores do mundo empresarial.

O projeto foi desenvolvido de acordo com a necessidade da DSM e aplicado por consultores do Instituto Via de Acesso. Atualmente, atende 40 aprendizes em três das unidades da DSM: São Paulo, Mairinque e Campinas, com a duração de nove meses.

Os temas ministrados são de extrema importância para o desenvolvimento do jovem e estão totalmente relacionadas às exigências do mundo globalizado, com o foco no pleno desenvolvimento educacional e comportamental dos adolescentes, diante dos desafios apresentados pelo mercado de trabalho. Contemplam os três pilares: habilidades capitais, habilidades de carreira e habilidades sustentáveis.

Os conteúdos são explorados de forma dinâmica, utilizando estratégias para atender diversas formas de aprendizado do jovem. Pra muitos, servem como um início de formação profissional básica. Ao final de cada encontro os jovens mostram-se cada vez mais aptos para enfrentar o meio empresarial.

O Instituto Via de Acesso orgulha-se por fomentar espaços de aprendizagem para o desenvolvimento e melhoria ao acesso da educação profissional e de participar amplamente da vida profissional dos futuros condutores do país.

Poder contar com empresas parceiras, como a DSM, que compreendem o seu papel social e enxergam os jovens como elemento essencial para o futuro de seu negócio, faz com que essas iniciativas cumpram seus objetivos e sejam modelos para outras organizações.