Há alguns anos, Bill Gates foi convidado a proferir uma palestra em uma tradicional high school nos Estados Unidos. Ele apresentou onze regras que não se aprendem na escola -, e que os jovens deverão enfrentar no mundo real. São elas:

 

  1. A vida não é fácil, acostume-se com isso. Empresa não contrata quem é fraco e desiste na primeira dificuldade.
  2. O mundo não está preocupado com sua autoestima. À empresa interessa mais o que você é capaz de realizar no futuro. O que fez serve para orientar o que será feito de modo mais bem elaborado.
  3. Você não ganhará R$ 20 mil por mês assim que sair da escola. Grande número de jovens é impaciente e acreditam que devem chegar rápido ao topo.
  4. Se você acha seu professor rude, espere até ter um chefe. As exigências da empresa não se restringem somente a alguns dias. Na empresa, você terá de provar o seu valor e capacidade sempre.
  5. Vender jornal velho ou trabalhar durante as férias não está abaixo da sua posição social. Não existirão somente atividades “nobres” para execução na empresa. Todos atuam assim, pois as atividades ensinam.
  6. Se você fracassar, não é culpa de seus pais. Ao sair, o jovem deve saber que agora é com ele. Ele é responsável.
  7. Antes de você nascer, seus pais não eram tão críticos. O jovem terá o planeta como seu alvo de vida. As gerações anteriores estão entregando o planeta com problemas e também entregam o jovem bem preparado e com forte tecnologia.
  8. Sua escola pode ter eliminado a distinção entre vencedores e perdedores, mas a vida não é assim. Os limites da empresa são mais estreitos. O êxito é o único foco.
  9. A vida não é dividida em semestres. Você não terá sempre os verões livres e é pouco provável que outros empregados o ajudem a cumprir suas tarefas no fim de cada período. Na empresa, cada um deve fazer o seu. O trabalho será realizado em equipe, mas cada um precisa fazer a sua parte para o todo se juntar.
  10.  Televisão não é vida real. Na empresa não existe moleza. Lá é necessário fazer entrega do que foi solicitado.
  11. Seja legal com os CDFs. A empresa valoriza a diversidade. Os diferentes são respeitados, pensam diferente e produzem estratégias diferentes. O jovem atuará nesse ambiente e deverá conviver com os iguais e com os diferentes.