A internet e as redes sociais são um ambiente livre e aberto, em que todos têm acesso às informações de pessoas e instituições em geral. O uso dessas ferramentas virtuais impacta diretamente no cenário das relações trabalhistas.

O assunto é preocupante, e os jovens, pela ainda imaturidade profissional, acabam apresentando-se como os mais vulneráveis nessa questão. Eles compartilham as intimidades, relações, planos, informações trabalhistas, fotos e vídeos, não refletindo acerca das consequências que tudo isso pode acarretar.

Departamentos de recursos humanos já excluíram candidatos com base em informações online. Isto significa que possuir boas referenciais online é considerado no processo seletivo.

Quem já está contratado também deve ficar atento. Pesquisas apontam que 7% das empresas já demitiram colaboradores por postagens, comentários e até “curtidas” inapropriadas em redes sociais.

Dicas para não cometer nenhum deslize:

  • Cuidado ao falar, escrever ou produzir conteúdos com o nome da empresa. Nas redes o limite entre o público e privado, pessoal e profissional, é muito tênue.
  • Não Exponha problemas profissionais em conversas abertas. Não use a internet como ferramenta para desabafos ou insatisfações, isso pode comprometer a reputação do local onde você trabalha e, principalmente, a construção de sua carreira.
  • Cuidado ao postar fotos nas dependências da organização. Normalmente as empresas não permitem que os colaboradores publiquem imagens com produtos, serviços ou locais da empresa na internet.
  • Quando não concordar com a opinião de outras pessoas, ou o assunto for polêmico, seja educado ao expor sua visão. Exerça a empatia.
  • Cuidado com o excesso de exposição; cuidado ao exibir fotos na internet. É muito importante analisar o tipo de informação postada nas redes e refletir se toda essa exposição é realmente necessária.
  • Ao escrever sobre terceiros tenha a certeza de que sabe do que está falando e obtenha a permissão necessária.
  • Fez ou falou bobagem? Admita e seja rápido na correção.
  • Nunca faça comentários ou relate informações internas e/ou confidenciais nas redes sociais.
  • A troca de mensagens por meio de celulares, e-mails e gravação de vídeos acerca de conteúdos do trabalho devem ter o mesmo cuidado.