Parece redundante, mas vestir a camisa da empresa e se sentir parte do time são fatores complementares dentro do Programa de Estágio. É muito importante que o gestor de RH ou o profissional responsável pelo Programa entenda que a valorização do jovem dentro da empresa reforça a vontade que ele tem de aprender, além de ajudar na construção da confiança no potencial, a amizade com os colegas e o orgulho em fazer parte da sua empresa.

Quanto mais valorização, maior a chance de o estagiário desenvolver carinho pelo serviço que desempenha e se esforçar para ser cada vez melhor. Com isso, o desenvolvimento vem mais rápido e ele acaba se tornando um profissional muito importante dentro da organização e dos processos da empresa.

E não estamos falando apenas de aumento salarial não. Jovens da atual geração precisam muito de feedback para entenderem como estão se saindo. Essa necessidade tem associação direta com as redes sociais, onde a resposta de aprovação é instantânea – como vemos nos likes e comentários das fotos. Então, conversas – mesmo que sejam com retornos negativos – ajudam o jovem a entender seu papel dentro da empresa e como ele pode melhorar.

O feedback e a motivação contínua fazem com que o estagiário se sinta parte do time e aprenda a jogar junto. Com isso, ele veste a camisa da empresa e ajuda a reforçar a equipe como um todo.