Há algum tempo, as produções tinham como foco o produto, como nas linhas de produção de Henry Ford. Outras fases consequentemente foram iniciadas de acordo com o passar do tempo, houve o foco na produção, outro na qualidade, até surgir o foco no cliente.

Essa fase do cliente, já passou por ajustes e melhorias, pois para entender e atender todas as necessidades dos clientes, leva-se tempo.

Para compreender o que o cliente deseja, é necessário pesquisas e coletas de números que indiquem padrões comportamentais e hábitos, para assim, traçar um perfil dos consumidores.

Nessa fase, a empresa sofre uma remodelagem, os clientes deixam de se tornar dados e passam a ser transformados em humanos, a opinião do cliente passa a  importar.

O ponto principal para as vendas é o foco do cliente. Cada vez mais as pessoas buscam motivação e sentido para as coisas, como empresa, você pode gerar experiências que afetarão positivamente as emoções dos clientes. Trazer o cliente próximo do seu negócio é essencial, pois ele se sentirá parte dele, resultando assim na fidelização do mesmo.

Lembre-se que você é o dono do próprio negócio, mas o cliente também é, e ele determinará seu sucesso. Tenha respeito e paixão, pois assim você poderá estabelecer novos patamares de negócio.