As empresas compreendem que o jovem é a sua única conexão com o futuro. Por ter essa consciência, investem nessa geração, assumindo um ou mais programas, sendo um deles o Aprendiz.

O Programa Aprendiz é aplicado em empresas com mais de cem funcionários, pela cota recebida diante do perfil de atividades de seu quadro funcional. Algumas diretrizes para o programa dar certo:

 

  • Para alcançar bom retorno social, a empresa recebe jovens de comunidades carentes, com idade entre 14 e 24 anos, investindo em sua preparação profissional.
  • Compreender o sentido social do programa, olhando com atenção o momento e a qualidade educacional dos jovens, sua idade e maturidade.

Possuir política de condução do programa, de recepção e de desenvolvimento dos jovens e gestores envolvidos, de aproveitamento posterior e do resultado técnico e social que pretende auferir aos jovens participantes e às suas famílias.