A procura por informações era bem diferente no século passado: Naqueles anos, as informações só estavam à disposição em escolas, veículos de comunicação e bibliotecas. As pesquisas eram decoradas e exigiam que os registros fossem feitos por meio de “copia e cola” manuscritos ou por fotocópias.

Atualmente as informações são disponibilizadas às toneladas. O conhecimento da civilização está disponível na internet. Tudo está lá, e é difícil escolher a informação mais adequada diante da diversidade e profundidade do que lá se encontra. A profusão de novos conteúdos é tanta que o problema se torne outro: é impossível absorvê-los pela velocidade que chegam.

Jamais se viveu um período como este, e novamente, essas gerações são inseridas no centro das atenções, pois tem sido elas que melhor se adaptaram a essa forma de receber informação para transformá-las em conhecimento.

Tamanhas facilidades acabaram por criar em muitos o espirito de indolência ou, do caminho curto. Como quase tudo que vivenciaram nesta época, parte desses jovens busca no aprendizado respostas fáceis e rápidas, descartando a pesquisa elaborada, evitando as dificuldades para obtenção das informações e análise criteriosa daquilo que foi conseguido.

Em que esse panorama influencia na integração do jovem atual ao mercado de trabalho? Inicialmente, informação é essência para o crescimento e a movimentação dos profissionais e dos empreendimentos do mundo globalizado. Além disso, o processo de transformação mais rápido que a humanidade tem vivenciado exige que todos estejam antenados, acompanhando, entendendo, participando e contribuindo para realizar negócios mais condizentes com o futuro desejado a população e ao planeta.

Para concretizar essa missão, necessitarão estar conscientes de que sem conhecer as engrenagens do mundo do trabalho, não conseguirão ser aproveitados pelo mercado e não efetivarão as mudanças necessárias e essenciais tanto na carreira quanto no meio em que vive. É preciso compreender ainda que, para o mercado de trabalho, é primordial conhecer o que ocorre no mundo. E entender que esse conhecimento será cobrado desde o momento em que se candidatar às vagas.